Caminhada Trans cobra dignidade e Emprego para transgêneros

Compartilhe

 

Além da caminhada, um calendário e um mini-doc mostrarão os sonhos profissionais de 12 pessoas trans

WhatsApp-Image-2016-11-15-at-22.54.39

Acontece no próximo sábado (28/1), a II Caminhada pela Paz, que, neste ano tem como tema: Sou Trans, Quero Dignidade e Emprego. Organizada pela Centro de Apoio e Inclusão Social de Travestis e Transexuais – CAIS, o evento tem como objetivo chamar atenção para os direitos básicos aos quais as pessoas trans não têm acesso, e o emprego é um deles. “No país que mais mata travestis, mulheres transexuais e homens trans do mundo, 90% desta população encontra na prostituição a sua única possibilidade de sobrevivência”, diz Renata Peron, presidente da CAIS.

Além da caminhada, cuja concentração começa às 14h, no vão do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na Avenida Paulista, será lançado o projeto K-Lendárias, que mostrará em um calendário e um mini-doc os sonhos profissionais de 12 pessoas trans, cada uma representando um mês do ano. O lançamento será no domingo (29/1), Dia da Visibilidade Trans.

Tanto o calendário como o mini-doc foram realizados com o apoio de voluntários. As fotos são de Daniel Arroyo, da Ponte Jornalismo. O mini-doc tem direção de Isa Meneghini e Claudia Belfort, da Ponte Jornalismo. A direção de fotografia ficou a cargo de Chico Alencar e Caio Palazzo, este também da Ponte. O som é de Rafaela Kaufman e a luz de Emerson Fernandes.

Serviço:

Dia 28 de janeiro:
II Caminhada pela Paz: Sou Trans, Quero Dignidade e Emprego
14h – concentração no vão livre do MASP (Avenida Paulista, 1578).
17h – Ato político na Câmara de Vereadores de São Paulo.

Dia 29 de janeiro:
Lançamento da Campanha “Sou Trans, Quero Dignidade e Emprego”
Exposição do Projeto K-lendárias
Exibição de Documentário K-lendárias
15h – Galeria Olido (Avenida São João, 473, São Paulo)

 

Fonte: Carta Capital

Link para a matéria: http://ponte.cartacapital.com.br/caminhada-trans-cobra-dignidade-e-emprego-para-transgeneros/